Garotas Geeks | Esse trailer do clone de Pokémon, Palworld, está fazendo com que a gente perca a cabeça


Esse trailer do clone de Pokémon, Palworld, está fazendo com que a gente perca a cabeça

Pokémon, só que bizarro.

Existem muitas perguntas que você não deve fazer sobre Pokémon. Perguntas como o que a sociedade faria com criaturas que podem gerar fogo ou eletricidade infinitos? Monstros que obviamente são mais inteligentes do que animais comuns, mas que ainda assim são tratados em subserviência a crianças de dez anos com um péssimo hábito de promover rinhas entre eles.

E nesse final de semana, um trailer de um jogo em mundo aberto no estilo Pokémon chamado Palworld fez essas perguntas e as respondeu – e olha, é realmente surpreendente.

Tudo começa de maneira bem fofinha. Um lindo mundo aberto, com um certo ar de Genshin Impact ou Breath of The Wild, habitado por criaturas que não são Pokémons e vivem livremente. Vemos cenas pastorais de construção e cuidados com uma fazenda, sugerindo que você pode construir um lar nessa terra maravilhosa.

Até que aparecem as armas.

Nós vemos trocas de tiros contra soldados com armaduras, enquanto ursos elétricos gigantes partem para o ataque. Nós vemos a protagonista usar um dos monstrinhos como cobertura, no melhor estilo Gears of War. E então um ratinho pula da cabeça da personagem, com arma em mãos, e começa a atirar contra os vilões ao seu lado.

A melhor (e pior) cena de todo o trailer mostra nossa heroína pegando uma adorável ovelhinha e utilizando a sua barriguinha para parar tiros dos inimigos antes de jogá-la para o lado. A ovelhinha chora durante toda a cena.

E é claro que a crueldade não para por aí. Uma cena particularmente perturbadora mostra os monstrinhos trabalhando em uma oficina, fabricando armas, para em seguida mostrar macaquinhos em condições de escravidão girando moinhos. O trailer parece brincar com imagens bastante fortes, e a descrição do jogo na Steam não parece ajudar muito:

É essencial para a automação que os Pals façam o trabalho manual. Construa uma fábrica e coloque Pals nela. Eles trabalharão eternamente, desde que estejam alimentados até o fim de suas vidas.

Vale a pena notar que a produtora do jogo não possui o melhor histórico com relação as ambições do jogo (Construir! Reproduzir! Caçar! Jogar online com amigos!). Seu primeiro jogo foi supostamente abandonado sem ser finalizado, e Craftopia, lançado no ano passado, ostenta todas as bandeiras vermelhas que você encontra no trailer de Palworld. Um lindo mundo aberto, esmagado sob o peso das próprias ambições.

Palworld tem previsão de lançamento para 2022.


Fonte: PC Gamer





LEIA A MATÉRIA ORIGINAL